(48) 3222-2580

O Centro de Memória

ilustra-centromemoria

A sede do ICH usa, para finalidades administrativas, aproximadamente 10% da área total da casa, enquanto que 60% desta área destina-se à visitação pública.

O público pode ter contato com os ambientes mais utilizados pelo casal que habitava a residência. Nesses ambientes estão preservados os móveis e a decoração, com a sua distribuição original.

Os restantes 30% da área da antiga residência está em uso pelo Centro de Memória. Instalado no subsolo da casa, o Centro de Memória conta com área aproximada de 300 metros quadrados, distribuídos em biblioteca, salas multiuso, sala de consulta digital, galeria e duas salas onde o acervo está armazenado sob controle de umidade relativa do ar.

Os documentos que compõem o acervo do Centro de Memória vem sendo digitalizados e seu conteúdo paulatinamente colocado à disposição dos pesquisadores e estudiosos da cultura, da política catarinense, da imigração alemã, enquanto o suporte e o documento material original, portanto, ficam preservados.

O acervo do Centro de Memória do ICH não para de crescer. São doações da comunidade, que surpreendentemente fazem ressurgir, por vezes, conjuntos documentais julgados perdidos.

O Centro de Documentação e Memória também possui uma biblioteca em língua alemã e está aberto ao público pesquisador, constituindo- se numa fonte primária no estudo da história política e econômica do Estado e da imigração alemã como um todo.

Desde 2011, através de uma parceria com a FAPESC – Fundação de Amparo a Pesquisa e a Inovação do Estado de Santa Catarina, o Centro de Memória vem recebendo materiais e equipamentos que possibilitam a boa interação entre o pesquisador e os fundos documentais. Os pesquisadores em geral ligados ou não às universidades são público preferencial do Instituto que estimula a pesquisa e a divulgação de seus conteúdos para a comunidade catarinense e brasileira em geral.